O que é a Cofins e como ela é importante para a sua empresa

O que é a Cofins e como ela é importante para a sua empresa

O que é a Cofins? Qual a importância dela para sua empresa? Sabemos que temos muitos impostos em nosso país e nem sempre entendemos todos eles. Por esse motivo, hoje vamos entender um pouco mais sobre Cofins.

Nesse post você vai ver!

  • O que é a cofins e sua importância
  • Alíquotas e tipos de cobranças
  • Como pagar

Clique agora na imagem abaixo para baixar o seu CheckList gratuito!

botão checkList

O que é a Cofins e sua importância

Tributo federal sobre a receita bruta das empresas.

Cofins, ou seja, Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. Logo, como o nome já diz, ele serve para custear a previdência, assistência social e saúde da população. Daí sua importância para as empresas e sociedade como um todo.

As empresas legalmente constituídas pagam esse imposto.

Entretanto, o microempreendedor individual – (MEI), as microempresas – (ME) e as empresas de pequeno porte – (EPP), não realizam o recolhimento desse tributo. Uma vez que o pagamento é feito através do Simples Nacional.

Leia também: Qual o significado da retirado ICMS da base de cálculo do Pis/Cofins?

Alíquotas e tipos de cobrança

A cobrança da Cofins é sobre a renda bruta de sua empresa. Porém, existem dois tipos de cobrança.

Então, são eles:

  • Regime Cumulativo: aqui, não leva em conta os créditos tributários sobre custos, encargos e despesas. Assim, só entram nesse regime as empresas que trabalham com Lucro Presumido. Essa alíquota é de 3%. Por exemplo: num faturamento bruto de R$ 30.000,00, com alíquota de 3%, pagaria R$ 900,00 de Cofins.
  • Regime não-cumulativo: nesse modelo, descontam despesas, créditos tributários e encargos do período. Modelo de cálculo usado por empresas do regime de Lucro Real. Alíquota de 7,6%. Só para exemplificar: Em um faturamento de R$ 30.000,00, com R$ 20.000,00 no período, o cálculo seria:

Cofins sobre venda: 7,6% de R$ 30.000,00=R$ 2.280,00; crédito de cofins sobre compra: 7,6% de R$ 20.000,00=R$ 1.520,00; cofins a pagar= R$ 2.280,00-R$ 1.520,00 = R$ 760,00.

Leia também: 3 segredos para a sua empresa recuperar o dinheiro com a Tese do Século

Como pagar?

A saber, o pagamento desse tributo acontece no dia 25 do mês seguinte ao fato gerador. Entretanto, as atividades financeiras pagam até o dia 20.

Para que seja feito o recolhimento, é emitido um Darf no valor.

Saiba mais: Empresário qual os impactos da decisão do STF que excluiu o ICMS da base de cálculos do Pis/Cofins?

Decerto, que você pode entender um pouco sobre o cofins. De qualquer forma, havendo sobrado dúvidas, sempre é bom procurar um advogado que possa esclarecer suas questões e, além disso, te ajudar a verificar se sua empresa está mesmo enquadrada no melhor regime!

Espero que tenha gostado dessa postagem, continue acompanhando a gente aqui no blog e nas redes sociais, fique atento sobre os seus direitos.

Clique no link abaixo se desejar agendar uma conversa com o especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.